Novo máximo para o barril de crude (mais um..)

O barril de crude continua a bater mais recordes que o Mark Spitz, encontrando-se agora acima dos $80 no mercado de Nova Iorque (Brent anda pelos $77) após uma subida de 9.6% este mês. E a tendência, como de costume, é que continue a subir. Segundo Jeff Rubin da CIBC World Markets, o barril de crude poderá atingir os $100 já em 2008.

A principal motivação para este aumento deve-se ao aumento do consumo interno nos países exportadores de petróleo. Estima-se que a produção de petróleo na Rússia e no México venha a cair em cerca de 2,5 milhões de barris por dia (uma quebra de quase 30% face às exportações combinadas dos dois países em 2004). Como factores adicionais temos a eterna especulação em torno do preço do ouro negro, a subida prevista do consumo no mercado americano durante o inverno, o receio de furacões no golfo do México (e a não total recuperação em relação ao Katrina), e uma descida superior à esperada nas reservas americanas.
Não parecem boas notícias para a economia americana, nem para o governo de Bush que tanto se tem esforçado para garantir o fornecimento de petróleo. Quem deve sair a ganhar é o Canadá, que espera um aumento do investimento visto deter 50-70% (conforme Cazaquistão e Nigéria sejam ou não incluídos nas contas) das reservas petrolíferas abertas ao investimento privado. E a fauna do Alasca bem que pode ir pensando em mudanças, que por este andar aqueles poços não vão permanecer virgens por muito tempo..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s