Tasers e democracia

Um estudante americano foi agredido com um taser num fórum da University of Florida enquanto John Kerry ocupava o pódio. Fica aqui o vídeo que relata o evento e os momentos antes.

Contexto. Terminada a palestra de Kerry e no fim da fase das perguntas, o estudante recomenda a Kerry o livro Armed Madhouse de Greg Palast. Greg Palast é o jornalista da BBC que ficou famoso por desmascarar a forma como as eleições que opuseram Bush e Al Gore foram manipuladas na Flórida para dar a vitória ao candidato republicano (a reportagem da BBC sobre o caso ainda circula no eMule, os detalhes estão presentes no livro The Best Democracy Money Can Buy). O livro Armed Madhouse fala de alguns factos suspeitos na eleição que Bush venceu sobre Kerry. O estudante interroga então Kerry (que afirma ter lido o livro) sobre a razão por que aceitou tão rápida e pacificamente a derrota nas eleições, e sobre a sua filiação na Skull & Bones (breve descrição desta organização mais adiante).

O evento. No momento em que o estudante fala na Skull&Bones o seu microfone é cortado e ele é cercado por três polícias. Dois deles começam a levá-lo para a saída. Oferece alguma resistência (sem violência) e é levado ao chão. Com o estudante no chão, imobilizado por cinco polícias, os agentes decidem ser necessário o uso do taser, que é aplicado sem parcimónia (vê-se claramente um sorriso num dos guardas). Kerry parece tentar responder à questão como se nada se passasse. Ouvem-se alguns gritos mas outro vídeo (onde se vê melhor os momentos finais) mostra que a assistência permanece apática e até entretida (ou até mesmo entediada) com o acontecimento.

Reacções. O acontecimento levantou duas questões entre os média. Primeiro, a da liberdade de expressão. Segundo, a forma como a polícia tende a abusar dos tasers (são não letais e não deixam grandes marcas no corpo, mas doem que se fartam). Sobre este segundo assunto convém salientar a notícia recente em que um polícia “teve de” recorrer ao taser para dominar um autista de 15 anos. Quanto ao primeiro tema, convém referir que o estudante terá interrompido a intervenção de um colega. Não obstante Kerry pediu à polícia que o deixasse falar. Mas afirmou só ter sabido do taser depois de sair do edifício (vi isto algures, já não sei do link). Stephen Colbert centra a sua crítica na apatia da assistência, e o theRawStory tem o vídeo (fundo da página). Greg Palast começa por falar sobre como o Washington Post não reconheceu o livro (se ao menos se dessem ao trabalho de entrevistar pessoas ou investigar um bocadinho antes de escreverem ‘notícias’). Depois chama atenção para o livro em si e as perguntas que ficaram por responder.

Skull & Bones. A Skull & Bones é uma sociedade secreta americana (inspirada na Maçonaria, mas para pior) apostada no estabelecimento de uma nova aristocracia nos EUA composta por famílias da elite WASP (White Anglo-Saxon Protestant). É constituída maioritariamente por membros da universidade de Yale (onde nasceu a organização) e respectivas famílias. Tudo aponta para que tenha sido a partir desta organização que nasceu a CIA, e que fortes laços ainda sejam mantidos entre as duas instituições (embora a CIA negue categoricamente esta afirmação). Nas últimas eleições, ambos os candidatos pertenciam à S&B. Bush pela sua famíla (Bush pai foi um membro proeminente), e Kerry parece ter entrado através da família da mulher (o clã Heinz, que como muitas famílias de origem alemã tem ligações antigas à S&B). Ambos foram a favor da invasão do Iraque, cuja justificação veio de informação falsa dada pela CIA. Suspeito?..

One response to “Tasers e democracia

  1. Pingback: Tasers de novo em discussão: morte de Robert Dziekansky « a mansarda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s