Universidade Independente: Sócrates mente, directora do DCIAP age de forma estranha

Novos dados, vindos da investigação do Público sobre o pseudo-curso de José Sócrates na Universidade Independente (UnI), revelam que o Primeiro Ministro terá mentido descaradamente aquando da sua justificação na RTP. A meu ver mais graves são as suspeitas sobre a actuação de Cândida Almeida, directora do DCIAP (Departamento Central de Investigação e Acção Penal) encarregue pelo procurador-geral da república de apurar as responsabilidades de Sócrates no caso. Quanto ao caso em si, confirmam-se as irregularidades: ao contrário do que mostravam as pautas individuais de Sócrates reveladas pela UnI, as pautas colectivas apreendidas pela PJ num cofre da universidade revelam que três das cinco notas com que Sócrates concluiu o curso foram lançadas em Outubro de 1996, depois das datas que constam dos dois certificados de licenciatura (8 de Agosto e 8 de Setembro de 1996).

Escutas telefónicas. Depois de o Público ter inquirido Sócrates sobre a sua licenciatura na UnI o telemóvel de Luís Arouca, reitor na altura, esteve sob escuta entre 15 e 22 de Março deste ano. Uma juíza do TIC negou a validação das escutas por não terem sido sujeitas a um controlo por um juiz de direito dentro dos prazos legais. Consequentemente, ordenou a destruição das escutas. 8 das 16 escutas são de telefonemas feitos por José Sócrates a Luís Arouca. Segundo o Público a maior parte serão sobre as respostas a dar às questões levantadas pelo jornal. Aparentemente, tudo o que sobra das escutas são os comentários do inspector da PJ que as ouviu. Para as conversas iniciadas por Sócrates, foram os seguintes: “Eng.º Online” (1ª-3ª), “Dúvidas sobre o curso/Público” (4ª), “Eng.º Importante!!!” (5ª e 6ª) e “Instruções eng.º” (6ª).

Cândida Almeida e a ilibação de Sócrates. O Público, através de acesso aos autos do caso Sócrates, revelou factos que no mínimo põem em causa a idoneidade da procuradora para a tarefa. Em Julho deste ano Cândida Almeida optou por arquivar o processo, concluindo que Sócrates não teve “qualquer tratamento de favor”. O arquivamento iliba Sócrates de qualquer responsabilidade nas falhas detectadas no seu processo de licenciatura. Quanto à decisão de invalidar as escutas classificou-a de incompreensível. Não por poderem suportar o seu caso, mas porque pretendia que três delas fossem admitidas por permitirem “reforçar a opção de arquivamento”, demonstrando a “total boa-fé de Sócrates na tramitação da obtenção da sua licenciatura”. Entrevistada no domingo, voltou a sublinhar que a universidade é que funcionava de forma irregular. O Público inquiriu 11 alunos da UnI que constavam nas pautas como colegas de Sócrates. Destes, só três disseram que Sócrates não tinha sido privilegiado. Mais de metade ou estranhou alguns dos factos, ou disse tratar-se de “tratamento privilegiado”. Quando questionada sobre o assunto, Cândida Almeida respondeu que “os que foram lá chamados, e foram todos, nenhum disse isso”. É de salientar que os 3 que afirmaram não haver irregularidades são os únicos que acabaram o curso no mesmo ano de Sócrates (um ano antes da data de saída dos primeiros licenciados naquele curso). Dois deles tiveram 13 valores na cadeira de Inglês Técnico sem que a tenham feito. O outro teve aproveitamento a várias cadeiras que nunca frequentou. Os restantes alunos estranharam que estes 3 constassem das pautas por não serem vistos na universidade.

Incongruências na justificação de Sócrates. Quando tentou justificar à RTP por que razão o certificado de cadeiras concluídas no ISEL só chegou com um ano de atraso Sócrates afirmou que o pedido tinha sido feito atempadamente mas o ISEL demorara 1 ano a satisfazer o pedido por faltarem alguns lançamentos de notas. Segundo o seu dossier de aluno no ISEL o documento foi pedido a 5 de Julho e entregue 3 dias depois, a 8 de Julho de 1996. Quanto a notas por lançar, as últimas notas lançadas no ISEL datam de 31 de Outubro de 1995.

Fonte: Público

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s