Revolução Birmanesa (2)

Na Birmânia (ou Mianmar, discussão aqui), a situação parece agravar-se. As fortes crenças religiosas não parecem ser detractores suficientes para as investidas das forças governamentais, tendo pelo menos um monge sido morto, estando outros dois nos cuidados intensivos. Na lista deste ano da Transparency International a Birmânia junta-se à Somália e ao Iraque no fundo da tabela da corrupção (a liberdade de imprensa não é melhor). Razões suficientes para uma continuação da entrada anterior.

No New Statesman Michael Charney, historiador especialista em História birmanesa, explica o contexto da situação actual na Birmânia. Conclui dizendo que já estamos para lá da altura em que sanções poderiam surtir alguma mudança, e que a opção mais realista passa por pressionar a China (“soft pressure”) a obrigar o regime a abdicar a favor da Liga Nacional para a Democracia. Relatos vindos do interior do país podem seguidos a partir da BBC.

A reacção da comunidade internacional continua tímida. Discursos de apoio aos protestantes abundam, mas as acções até agora ficam-se por mais sanções (se a Rússia deixar) e um enviado especial da ONU. Fora das Nações Unidas, os EUA têm também exercido pressão sobre a China para intervir (o George devia ouvir a Laura mais vezes). Se a China está para aí virada é outra questão, pelo menos o desejo de estabilidade na vizinhança pode estar a evitar um aumento ainda maior da violência.

Ficam as esperanças de democracia a depender de uma ditadura?

One response to “Revolução Birmanesa (2)

  1. Pingback: Revolução Birmanesa (4) - vigílias, imprensa e casamentos « a mansarda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s