Ver com a língua

(via The Frontal Cortex)

O BrainPort permite que um cego consiga ‘ver’ convertendo os registos de uma câmara binocular em impulsos eléctricos que estimulam o sentido do tacto na língua. O HowStuffWorks tem mais detalhes sobre como funciona este aparelho que promete restituir alguma independência a quem não pode contar com os olhos (ver também Mriganka Sur). Como se pode ver neste vídeo, os resultados práticos são impressionantes:

E ao ver isto no contexto de algumas discussões de visões teístas vs ateístas, não consigo deixar de pensar que revela uma postura diferente destas duas formas de ver o mundo. Pode ser aceite que tudo o que acontece faz parte de um plano maior de uma entidade suprema. Ou podemos aceitar que deus é a personificação do acaso (uma figura de estilo), e procurar soluções para as arbitrariedades da criação. O BrainPort é mais um caso para se dizer: Thank God? Thank Goodness!

One response to “Ver com a língua

  1. Pingback: Onde está Deus? (Rev. Tom Honey) « a mansarda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s