Onde está Deus? (Rev. Tom Honey)

A pergunta foi (re)lançada no diário ateísta: perante tantas tragédias, como pode ‘Deus’ existir? Uma interpelação que corre o risco de parecer oportunismo de mau gosto, mas que não deixa de ser justa perante pessoas que reclamam para deus tudo o que de bom possa existir. É uma questão que vai directamente à origem do conceito de deus, essa personificação do acaso nascida da necessidade de encontrar padrões, relações de causa-efeito, para tudo (toquei ao de leve neste ponto num post anterior). A tragédia com o autocarro da Universidade Sénior Albicastrense evoca esta contradição: o autocarro destinava-se a Fátima, e no funeral um homem disse ao JN que só não foi na fatídica excursão por ser ateu.

Ainda este ano o bispo de Carlisle afirmou que as cheias em Inglaterra tinham como causa a legislação mais liberal do país. Tom Honey é vigário da mesma igreja anglicana, mas em termos de humanismo, humildade e honestidade intelectual está a anos-luz do bispo de Carlisle. Ficam aqui as suas reflexões em seguimento do tsunami de 2004: ‘Como pode Deus ter permitido o tsunami?’, na TED de 2005, mais uma palestra publicada este ano.

One response to “Onde está Deus? (Rev. Tom Honey)

  1. Pingback: A má fé de Dinesh D’Souza « a mansarda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s