Columbus em órbita!

O laboratório Columbus [wikipedia,ESA], a maior contribuição da ESA para a ISS, já está em órbita. É uma ideia que já vem desde a década de 80, e era suposto ter sido instalado em 2006, ano em que foi enviado para o Kennedy Space Center, mas mais vale tarde que nunca (assumindo que tudo corre bem desta vez). O Columbus tem capacidade para dez ISPRs, divididos irmãmente entre ESA e NASA. Os cinco módulos europeus irão servir para pesquisas em microgravidade: o FSL em dinâmica de fluidos, o Biolab, para experiências biológicas, o EPM para efeitos sobre o corpo humano, o EDR será um laboratório multi-usos e o ETC servirá de suporte aos restantes módulos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s